Programação

A MAX – Minas Gerais Audiovisual Expo é um evento de fomento ao audiovisual, que reúne rodadas de negócios, capacitações, exibição de conteúdos e programação cultural.

Em breve divulgaremos a programação completa!

 

AUDITóRIO

09h00

Abertura

09h45

Conversa com Netflix

Maria Angela de Jesus (Netflix). Moderação: Tiago Mello (Boutique Filmes)

Maria Angela de Jesus, Diretora de Produções Internacionais da Netflix no Brasil, é responsável pelo time de produção de séries brasileiras para a empresa. No showcase, Maria Angela fala sobre a estratégia da empresa no Brasil, quais os caminhos para um conteúdo chegar na Netflix e o relacionamento da empresa com o mercado nacional.

10h30

Temas Regionais: Narrativas Globais

Belisário Franca (Giros Filmes), Mariana Oliva (Maria Farinha Filmes), Maurício Magalhães (Giros Filmes)

Ao abordar questões relacionadas à história, aos costumes, à cultura e às narrativas de um povo, as obras audiovisuais exploram e divulgam questões regionais. Os temas locais geram muito interesse de diversos players mundiais e tornam-se um grande gerador de propriedade intelectual, ao mesmo tempo que difundem a cultura de um país. O painel aborda como temas locais criam narrativas globais.

11h30

Fórum Políticas Públicas: Retrospectiva e Visão de Futuro

Breno Nogueira (SINDAV), Mauro Garcia (BRAVI), Leo Edde (SICAV), Luiz Maurício de Araújo Navarro (Ministério da Economia). Moderação: Samuel Possebon (Teletime)

O audiovisual brasileiro vem se tornando cada vez mais relevante. Responsável por 0.46% do PIB Brasileiro, o setor é um dos únicos que mantém um crescimento diante das crises que impactam a economia do país. Ao mesmo tempo, a forma como consumimos conteúdo audiovisual está em constante evolução, o setor nacional enfrenta enorme competição do mercado internacional e ainda batalha para demonstrar a importância economia da cultura para o desenvolvimento socioeconômico brasileiro. O painel vai discutir as questões mais urgentes para o setor e quais caminhos seguir para garantir sua presença, de forma sustentável, em um mercado global.

15h30

Fórum Políticas Públicas: Políticas Regionais e o Fomento Local

Cesar Piva (Polo Audiovisual da Zona da Mata), Gabriel Portela (Secretaria de Cultura de Belo Horizonte), Marcelo Braga (Codemge), Marcelo Matte (Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais). Moderação: Mauro Garcia (BRAVI)

Os estados e municípios fora do Rio de Janeiro e São Paulo receberam 42% dos investimentos realizados pelo Fundo Setorial do Audiovisual até o ano de 2018. Diversas regiões fora do eixo RJ-SP vêm se tornando centros de atração de investimentos, fortalecendo a indústria local e a exibição de conteúdo regional e estimulando empresas. O painel discutirá a participação do governo e entidades locais como grande catalisador da indústria audiovisual brasileira, em variadas frentes de atuação.

17h00

Os Desafios do Audiovisual Hoje

Debora Ivanov (advogada e produtora), Diane Maia (Mar Filmes), Yla Gomes (API). Mediação: Jussara Locatelli (Realiza Vídeo)

O setor audiovisual brasileiro vem crescendo ano a ano, graças às iniciativas adotadas após a retomada do cinema brasileiro. Hoje a indústria responde por 0,46% do PIB, cerca de 13.000 empresas em todas as regiões do país e mais de 300.000 empregos. O painel traz um panorama dos avanços do setor nos últimos 20 anos, e seus principais desafios hoje. Mulheres líderes do setor que têm empreendido esforços para manter o desenvolvimento do mercado falam sobre suas frentes de ação, como o diálogo com o novo governo e o Congresso Nacional e as mudanças na Ancine para ampliar sua capacidade operacional frente às recomendações do Tribunal de Contas da União.

AUDITóRIO ESCOLA

11h30

Conversa com: Canal Futura

José Britto (Canal Futura)

Showcase do Canal Futura sobre as oportunidades de negócios com o canal, formatos de apresentação de projetos e demandas por conteúdos.

12h15

Conversa com: Looke e Encripta

Alexandre David (Encripta), Danielle Lopes (Looke), Luiz Bannitz (Looke)

Showcase da Looke e da Encripta, sobre as oportunidades de negócios com a plataforma e com a distribuidora, formatos de apresentação de projetos e demandas por conteúdos.

13h00

Conversa com: Europa Filmes

Wilson Feitosa (Europa Filmes)

Showcase da Europa Filmes sobre as oportunidades de negócios com a distribuidora, formatos de apresentação de projetos, estratégias de lançamento e demandas por conteúdos.

16h30

Conversa com: Canal Brasil

Amanda Soares (Canal Brasil)

Showcase do Canal Brasil sobre as oportunidades de negócios com o canal, formatos de apresentação de projetos e demandas por conteúdos.

17h15

Conversa com: Globonews

Renée Castelo Branco (Globonews)

Showcase da Globonews e Globo Filmes sobre as oportunidades de negócios, formatos de apresentação de projetos, estratégias de lançamento e demandas por conteúdos.

18h00

Conversa com: Viacom International Studios

Fábio Mostof (Viacom International Studios)

Showcase da Viacom International Studios, que atua no desenvolvimento, produção, coprodução e distribuição, sobre as oportunidades de negócios, formatos de apresentação de projetos, estratégias de lançamento e demandas por conteúdos.

18h45

Conversa Aberta: Minas de Audiovisual

Rute Assis (Secretaria de Estado de Cultura e Turismo), Felipe Amado (Secretaria de Estado de Cultura e Turismo), Regina Faria (Secretaria de Estado de Cultura e Turismo)

Representantes do Governo do Estado de Minas Gerais recebem produtores, realizadores e gestores para uma conversa sobre os editais e os rumos da política para o audiovisual no estado.

ESPAçO CâMERA

11h30

Como nascem as ideias?

Zé Brandão (Copa Studio), Lena Franzz (diretora de animação de Irmão do Jorel). Moderação: Erick Ricco (Apiário Estúdio Criativo)

O desenvolvimento de uma obra audiovisual tem como ponto de partida uma ideia e a criação de uma narrativa idealizada. O produtor e a diretora de animação de "Irmão do Jorel" contam de onde surgem as ideias que sustentam a premiada série, que caminha para a quarta temporada.

12h45

#O Futuro da Mídia: Tecnologia e Hábitos de Consumo

Filipe Forte (TV Globo)

A multiplicidade das mídias, as novas formas de consumo e as constantes mudanças no comportamento do público geram oportunidades e desafios para os provedores de conteúdo. O painel explora de que forma a evolução tecnológica, as novas janelas e novos modelos de negócios estão contribuindo para o crescimento do Globoplay e quais as oportunidades para a produção regional independente na geração de conteúdos para a plataforma.

15h30

A Anatomia de uma Produtora Independente: Moonshot Pictures

Edison Viana (Moonshot Pictures). Moderação: Manoel Castello Branco (Investimage)

Responsável por obras como Sessão de Terapia, Que Seja Doce e The Taste, a Moonshot Pictures foca a sua atuação no desenvolvimento de novas histórias. O painel aborda as estratégias para a gestão de uma ampla carteira de projetos, as oportunidades na coprodução regional, o processo de criação de novas propriedades intelectuais e mais.

16h45

Trilha Sonora: o tom da narrativa

Marion Lemonnier (compositora), Mateus Alves (compositor). Moderação: Barral Lima (Grupo UN Music)

Compositores responsáveis pelas trilhas sonoras de séries, longa-metragens e conteúdo jornalístico debatem sobre o papel do áudio na narrativa e a influência do uso de composições nacionais na cultura brasileira.

18h00

Pitching: Ficção

Moderação: Krishna Mahon (Imprensa Mahon). Coordenação: Victor Canela (roteirista)

Os quatro projetos de ficção selecionados pela MAX se apresentam para uma banca formada por players convidados.

ESPAçO LUZ

11h30

Lançamento de Conteúdos no Circuito Exibidor

André Carreira (Camisa Listrada), Barbara Sturm (Elo Company), Talita Arruda (Vitrine Filmes)

Em 2018, 185 longas-metragens brasileiros entraram no circuito exibidor, atraindo mais de 25 milhões de espectadores. Competindo com uma enorme quantidade de conteúdo estrangeiro, as distribuidoras e produtoras nacionais precisam de estratégias bem definidas para lançar e marcar a presença de seus filmes no circuito. Os profissionais compartilham as táticas adotadas em seus lançamentos e os desafios da produção brasileira para ampliar a sua presença nas salas de cinema.

12h45

Arte1 apresenta: Case MiniDocs

Carlos Gayotto (Zoe Films), Janaina Tadeu (Arte1).

Produzida pela Zoe Films e exibida no Arte1, a série MiniDocs reúne artistas em shows, entrevistas e ensaios. O projeto, que começou como um canal do YouTube, está em sua terceira temporada no Arte1 com um modelo de negócios que utiliza recursos não incentivados e patrocínio de marcas. O painel discute as estratégias para a viabilização da série, a curadoria dos talentos e de que forma micro e pequenas produtoras podem utilizar plataformas de compartilhamento como o YouTube para levar o conteúdo para os canais da TV paga.

15h30

A Voz das Personagens

Maíra Góes (Beck Studios), Phillipe Maia (diretor de dublagem e dublador). Moderação: Christiane Ruffier (Globosat)

Conheça mais sobre o mercado e o processo de preparação, criação e gravação de dublagens, e saiba de onde vêm algumas das vozes mais icônicas do audiovisual.

16h45

Espaço Inovação: Blockchain na Indústria Criativa

Maurício Magaldi (Hyperledger), Thamilla Talarico (BSBC Advogados). Moderação: Alessandra Drummond (Drummond & Neumayr Advocacia)

O blockchain promete segurança, organização e agilidade no fluxo da gestão, execução e controle da monetização. O painel explora de que formas a indústria criativa pode se beneficiar do uso do blockchain.

18h00

Film Commissions no Brasil

André Faria (Rebrafic), Carolinne Golfeto (Spcine), Tânia Pinta (RioFilme)

Em 2018, a MAX recebeu o 6º encontro da Latin America Film Commission Network, com representantes de diversas film commissions para amplas discussões sobre a instalação, importância e desenvolvimento destes órgãos, que visam promover e fomentar o audiovisual local. O painel aborda os progressos desde então e de que forma as Film Commissions vêm contribuindo para atrair produções nacionais e internacionais.

SEBRAE LAB

11h30

Oficina: Música no Audiovisual

Diogo Rocha (Abramus), Vivian Oliveira (Abramus)

A relevância dos direitos de execução pública da música para o setor audiovisual.

15h30

Conversa com: Grupo Band e Arte1

Janaina Tadeu (Arte1), Krishna Mahon (Grupo Band)

Showcase do Grupo Band (canais Smithsonian, Band Sports, Band News, Terra Viva e SexPrivé) e do canal Arte1, sobre as oportunidades de negócios com os canais, formatos de apresentação de projetos e demandas por conteúdos.

16h30

Oficina: Acessibilidade como negócio audiovisual

Chico Faganello (Filmes que Voam)

No Brasil já não existem limitações técnicas para a distribuição de produtos audiovisuais com acessibilidade, permitindo que aos poucos a cadeia produtiva da indústria passe a contar com cerca de 17 milhões de novos consumidores em todas as janelas, das salas de cinema ao streaming. Além de orientar as empresas no cumprimento dos requisitos legais, a oficina vai demonstrar que investir em acessibilidade é responsável socialmente e um caminho para aumentar a audiência em todas as janelas de distribuição.

18h45

Encontro de Líderes: uma agenda para 2020

Barbara Sturm (Elo Company), Debora Ivanov (advogada e produtora). Moderação: Daniela Fernandes (Frutilla Filmes)

Encontro exclusivo para lideranças convidadas. Panorama das ações dos últimos anos para o avanço de pautas das mulheres e a construção de uma agenda positiva para 2020.

AUDITóRIO

09h00

Viés Inconsciente

Andréa de Paiva (Professora da FGV). Mediação: Krishna Mahon (Imprensa Mahon)

Viés inconsciente é o conjunto de direcionadores automáticos que influenciam as decisões e julgamentos que fazemos no dia a dia, formados a partir de experiências ao longo da vida, como memórias de infância e padrões repetidos de comportamento ou representação social. O painel discute o impacto dos vieses inconscientes na criação de narrativas e no ambiente corporativo, além de estratégias para minimizá-los.

10h45

Fórum Políticas Públicas: Proposições para o VOD

Ana Paula Bialer (Bialer Falsetti Advogados), Jorge Bittar (consultor para o audiovisuall), Mauro Garcia (BRAVI)

A regulamentação do VOD no Brasil é um marco na história da indústria audiovisual nacional, e encontrar um modelo adequado é um desafio para o setor. A inovação tecnológica, a ampliação do acesso, a reestruturação das estratégias de negócios e a proteção à produção brasileira são alguns dos elementos em jogo, que serão abordados no painel.

12h00

Conversa com: Produtores Independentes

Bianca Lenti (Giros Filmes), Luciano Patrick (Coração da Selva), Luiza Favale (Glaz), Marcio Shima (Kampai), Paulo Schmidt (Academia de Filmes)

A coprodução com uma segunda produtora pode viabilizar oportunidades e modelos de negócios para a produção independente. O painel apresenta uma conversa com produtoras participantes das rodadas de negócios e que estão em busca de projetos para desenvolvimento e coprodução.    

15h00

Prestação de Contas: Aspectos Jurídicos

Arthur Lima Guedes (Piquet Carneiro Advogados), Rafael Neumayr (Drummond & Neumayr Advocacia), Alessandra Drummond (Drummond & Neumayr Advocacia)

​No início de 2019, um acórdão publicado pelo Tribunal de Contas da União paralisou os investimentos com gestão da Ancine, com diversas repercussões para a indústria audiovisual. Um dos principais pontos do acórdão se refere aos processos de prestação de contas e às mais de 3 mil obras incentivadas que ainda não tiveram suas contas avaliadas. O painel apresenta um panorama das questões que envolvem o TCU e a Ancine, os principais aspectos questionados pelo órgão de controle e os desafios para uma retomada após a maior paralisação dos últimos 20 anos.

16h45

Criação de Conteúdo com as Marcas

Bruno Bask (Mono Studio), Janaina Augustin (O2 Filmes)

Branded Publishing, Branded Entertainment, Branded Content: na era em que o intervalo comercial tem cada vez menos relevância, os diferentes tipos de brand placement se apresentam como um caminho para viabilizar o desenvolvimento de conteúdos que atendem o desafio de promover e reforçar valores das marcas e entreter o público ao mesmo tempo. Da ideia à tela, o painel discute os pontos chaves para as produtoras, agências e marcas nesse processo e o papel de cada uma delas na produção de conteúdos relevantes.

AUDITóRIO ESCOLA

11h15

Conversa com: Elo Company

Barbara Sturm (Elo Company), Patrick Buha (Elo Company)

Showcase da Elo Company sobre as oportunidades de negócios com a distribuidora, formatos de apresentação de projetos, estratégias de lançamento e demandas por conteúdos.

12h15

Monetização em Projetos Audiovisuais

Magno Martins (Cinemascope), Joyce Pais (Cinemascope)

A evolução das plataformas colaborativas possibilitou aos criadores e produtores a oportunidade de serem gestores de seu próprio conteúdo e plataforma de forma ágil. A sustentabilidade desse modelo de negócios está diretamente ligada à reputação das comunidades no ambiente digital e às estratégias de monetização dos conteúdos. No painel, serão apresentados os cases da Cinemascope e da Impulso HUB, e as soluções educacionais para o mercado audiovisual no ecossistema digital.

16h30

Conversa com: Vitrine Filmes

Maria Polo (Vitrine Filmes), Talita Arruda (Vitrine Filmes)

Showcase da Vitrine Filmes sobre as oportunidades de negócios com a distribuidora, formatos de apresentação de projetos, estratégias de lançamento e demandas por conteúdos.

17h15

Conversa com L!KE

Marco Altberg (L!KE)

O canal L!KE é uma vitrine do mundo do entretenimento, focado nos lançamentos e assuntos do mercado audiovisual. Para a produção independente, é um importante canal de difusão do conteúdo brasileiro. O showcase apresenta o perfil do canal e como as empresas podem acessá-lo para ampliar a divulgação de suas obras.

ESPAçO CâMERA

09h00

Estratégias para Licenciamento de Produtos

David Diesendruck (Redibra)

O licenciamento de produtos é um aspecto importante do desenvolvimento de conteúdo audiovisual: a estratégia pode garantir monetização e audiência. O painel apresenta os modelos de negócios que envolvem o licenciamento e como se preparar para seguir este caminho.

10h15

Elas Animam: A presença feminina no mercado de animação

Fernanda Salgado (Apiário Estúdio Criativo), Giuliana Danza (artista visual), Lena Franzz (diretora de animação). Moderação: Adriane Puresa (Elefante Voador)

Em 2018, nove dos 38 longas de animação registrados na Ancine foram dirigidos por mulheres. No mercado internacional, apenas 20 dos 120 maiores títulos já lançados tiveram uma mulher liderando a produção. O painel discute como ampliar a participação feminina no mercado de animação.

11h30

Pitching: Geração Alfa

Moderação: Krishna Mahon (Imprensa Mahon). Coordenação: Victor Canela (roteirista)

Os quatro projetos voltados para a geração Alfa (crianças nascidas a partir de 2010, as primeiras a conviver com as tecnologias digitais desde o nascimento) selecionados pela MAX se apresentam para uma banca formada por players convidados.

15h00

Novas Janelas: Conteúdo Sob Medida

Luiz Bannitz (Fitness Channel), Rodrigo Carneiro (98 Live). Moderação: Carlos Ribas (Cisup)

As novas janelas de exibição geram inúmeras possibilidades de produção de conteúdo para nichos, com canais específicos abordando diferentes gêneros. O painel discute as estratégias na produção, divulgação e monetização dos conteúdos de nicho e explora as possibilidades das plataformas e canais não lineares neste novo momento do consumo de conteúdo.

16h30

Pitching: Documentário

Moderação: Krishna Mahon (Imprensa Mahon). Coordenação: Victor Canela (roteirista)

Os quatro projetos de documentário selecionados pela MAX se apresentam para uma banca formada por players convidados.  

ESPAçO LUZ

09h00

O que buscar no mercado internacional?

André Sturm (Cinema do Brasil), Eduardo Garetto (ZAG), Luciana Druzina (Druzina Content), Mary Morita (Brazilian Content)

Com a ampliação das janelas, ampliam-se também os mercados exibidores de conteúdo audiovisual. Buscar caminhos no mercado internacional é indispensável para aqueles que buscam difundir o conteúdo, monetizar propriedades intelectuais e gerar oportunidades de coprodução. O painel aborda as melhores oportunidades para os iniciantes e os já inseridos no mercado internacional.

10h45

Made in Minas: cases e oportunidades de coprodução

Erick Ricco (Apiário Estúdio Criativo), Julia Nogueira (Camisa Listrada BH), Thiago Correia (Filmes de Plástico)

Com mais de 100 projetos contratados no Fundo Setorial do Audiovisual, a indústria mineira passa por um momento de grandes transformações, com o aumento dos investimentos locais, a atração de produções para a Zona da Mata, o estabelecimento de uma Film Commission e diversas outras iniciativas. No painel, produtores mineiros apresentam cases feitos no estado e as oportunidades de coprodução com os players e produtoras.

12h00

X-Reality: mercado, conteúdo e tendências

Flavio Mayerhofer (XRBR)

A consolidação das mídias imersivas trouxe à tona um mercado amplo, focado na experimentação, no consumo e nas evoluções tecnológicas. O painel aborda as perspectivas da produção e consumo de X-Reality, a formação de uma indústria voltada para a criação de conteúdo imersivo, a ausência de recursos incentivados e o crescimento do setor.

15h00

Insights, Big Data e Algoritmos: como os dados definem o que consumimos

Giovana Alcântara (Kantar Ibope), Luiz Fernando da Silva (Parrot Analytics)

A todo momento, geramos dados sobre o que consumimos, compartilhamos e criamos. Com o desafio constante de gerar e suprir necessidades, as redes sociais, marcas e várias outras organizações procuram cada vez mais traçar o perfil do consumidor e antecipar tendências e demandas. O painel o papel dos dados no processo de escolha e retenção da audiência.

16h15

Quem faz a nossa história? Um breve relato do audiovisual mineiro

Adyr Assumpção (T'Ai Criação), Carlos Ribas (Cisup), Daniela Fernandes (Frutilla Filmes), Guilherme Fiuza Zenha (Solo Filmes)

Minas Gerais é vitrine de um audiovisual contemporâneo e inovador, fruto de uma história formada por grandes realizadores. São mais de 50 anos em uma trajetória que deixa marcas em toda a indústria brasileira. Personalidades que fazem parte dessa construção conversam sobre o passado, presente e futuro do audiovisual mineiro.

SEBRAE LAB

09h00

Conversa com: Fitness Channel

Luiz Bannitz (Fitness Channel), Felipe Muñoz (Fitness Channel)

Showcase do Fitness Channel sobre as oportunidades de negócios com o canal, formatos de apresentação de projetos e demandas por conteúdos.

09h45

Conversa com: Nickelodeon

Jimmy Leroy (Nickelodeon Brasil)

Showcase dos canais Nickelodeon sobre as oportunidades de negócios, formatos de apresentação de projetos e demandas por conteúdos.

10h30

Conversa com: O2 Play

Margot Brandão (O2 Play)

Showcase da O2 Play sobre as oportunidades de negócios com a distribuidora, formatos de apresentação de projetos, oportunidade de coprodução, estratégias de lançamento e demandas por conteúdos.

11h15

Cola: Encontro de Empreendedores Audiovisuais

Igor Amin (Cocriativa Conteúdos Audiovisuais), Vinicius Cabral (Cocriativa Conteúdos Audiovisuais)

Inspirar. Conectar. Conceber. O painel tem como objetivo uma inédita integração de profissionais do setor audiovisual, para discutir temas inspiradores e conectar jovens realizadores em um verdadeiro ecossistema. Por meio do método World Café, os participantes são estimulados a aplicar ferramentas de desenvolvimento e aperfeiçoamento de projetos baseadas na tecnologia de aceleração audiovisual desenvolvida pela Cocriativa.

15h00

Conversa com: Investimage

Thierry Peronne (Investimage Asset Management), Manoel Castello Branco (Investimage Asset Management)

Com atuação na gestão de investimentos na indústria audiovisual, a Investimage apresenta as oportunidades, os modelos de negócios e como as produtoras independentes podem acessar os recursos disponibilizados pela gestora.

16h15

Cola: Pitching do LAC

Igor Amin (Cocriativa Conteúdos Audiovisuais), Vinicius Cabral (Cocriativa Conteúdos Audiovisuais)

Os participantes do LAC (Laboratório Audiovisual Cocriativo), promovido pela Cocriativa, participam de pitching exclusivo com players do mercado, tendo a oportunidade de apresentar seus projetos acelerados a partir de uma inovadora metodologia de desenvolvimento.

Programação incompleta e sujeita a alterações.