Museu de Artes Ofícios

Veja abaixo a programação cultural da MAX 2018, no Museu de Artes e Ofícios:

EXPOSIÇÃO DAS PEÇAS DE MINERAL

Peças de cerâmica como as usadas na instalação sonoral Mineral, de Máximo Soalheiro, estão em exibição no SESI Museu de Artes e Ofícios até 17 de fevereiro de 2019.
O artista plástico, conhecido como um dos mais importantes ceramistas do país, pesquisou por mais de 20 anos diversos materiais, processos de queima e vitrificação, até chegar no material utilizado.
Nele predomina o agalmatolito (especificamente a pirofilita), que tem ocorrência em Minas Gerais. O minério produz sonoridade rica, que se sustenta no ar e com altura definida. A composição da cerâmica traz ainda um balanço minucioso de outros elementos e processos de moagem e queima, para resultar no material exato para a finalidade musical. Em seguida, as peças foram produzidas manualmente, a partir de parâmetros matemáticos. Para garantir ainda mais exatidão na emissão do som, os vasos cilíndricos de diferentes alturas, espessuras e diâmetros, são microafinados com água adicionada no interior de cada coluna.
A instalação foi apresentada ao público no aclamado concerto Mineral, em agosto/setembro de 2018. Na exposição do SESI MAO, o público poderá interagir com os componentes e conhecer de perto suas características únicas.

Até 17 de fevereiro de 2019. Terças, de 9h a 21h; de quarta a domingo, de 9h a 17h
Entrada gratuita.

CONVERSA ABERTA

Os responsáveis pelas exposições da MAX 2018 recebem o público para uma conversa. Solon Ribeiro, artista da exposição Quando o Cinema se Desfaz e o curador Ricardo Resende, além de Daniel Herthel, que traz a oficina Animação com Smartphone, falam com os participantes sobre as potencialidades estéticas da imagem em movimento.

28 de agosto, terça-feira, 18h
Entrada gratuita.

OFICINA ANIMAÇÃO COM SMARTPHONE

O artista Daniel Herthel ensina um método de animação que os participantes conseguirão replicar em casa, usando seu smartphone ou tablet. A técnica utilizada se chama animação de recortes ou cutout animation, em que a câmera registra o motivo sobre uma mesa de trabalho, podendo-se usar recortes de papel, revistas, desenhos ou até mesmo objetos.

De 28 de agosto a 1° de setembro (terça a sábado), de 10h a 16h
Entrada gratuita.

(Não é preciso fazer inscrição prévia. Os participantes podem chegar a qualquer momento e começar a aprender e trabalhar em uma das estações. A atividade tem duração prevista de duas horas e é sujeita à lotação do espaço.)

EXPOSIÇÃO QUANDO O CINEMA SE DESFAZ

O artista cearense Solon Ribeiro traz um recorte de produção do artista através de vídeos, fotografias e instalações, com base em fotogramas de filmes do cinema clássico das décadas de 1920 a 1960. Nos anos de 1990, Ribeiro herdou de seu pai uma coleção (iniciada por seu avô, nos anos 50) de mais de 20 mil fotogramas que mostravam, em geral, protagonistas de filmes clássicos de Hollywood. Com vídeos e novas imagens fotográficas, o artista ressignifica a coleção familiar, criando novos contextos e sentidos para as cenas originais.

De 28 de agosto a 18 de novembro. Terças, de 9h a 21h; de quarta a domingo, de 9h a 17h.
Entrada gratuita.

MOSTRA DE CURTAS

O P7 Criativo – Agência de Desenvolvimento da Indústria Criativa de Minas Gerais – apresenta a Mostra de Curtas MAX 2018. Os curtas-metragens selecionados exploram em suas narrativas aspectos fundadores da identidade da nossa gente, e valorizam a história, a cultura, o patrimônio e a criatividade dos mineiros. Clique aqui para conhecer os curtas exibidos.

De 28 de agosto a 18 de novembro. Terças, de 9h a 21h; de quarta a domingo, de 9h a 17h.
Entrada gratuita.